Primeira vez aqui? Seja bem vindo e cheque o FAQ!
x

A educação de crianças.

+3 votos
88 visitas
perguntada Ago 25, 2015 em Pais e Filhos por marcelo_papini (306 pontos)  

Quais os cuidados que se devem ter na educação doméstica de crianças?

Compartilhe

1 Resposta

+4 votos
respondida Ago 25, 2015 por Sabrina Oliveira (391 pontos)  

Os sete pecados capitais cometidos contra a infância.

Segundo Nelson Mandela, “o verdadeiro caráter de uma sociedade é revelado pela forma como se tratam as crianças”. A frase foi escolhida pelo pediatra Daniel Becker para apontar os sete pecados capitais cometidos contra a infância.

  1. Privação do nascimento natural e do aleitamento materno. Hoje existe a cultura do parto cesariano: 93% dos partos efetuados no Brasil são cesarianos. Além disso, as crianças não consomem leite materno, por causa da propaganda de leites artificiais.
  2. Terceirização da infância. Devido à falta de tempo, os pais tem deixado as crianças em creches ou com babás e perdem o que é mais importante: o convívio com os filhos.
  3. Intoxicação da infância. Também por causa da falta de tempo, troca-se a comida saudável por alimentos com excesso de gordura, de sal e de açúcar decorrentes do processo industrial. A obesidade e a diabete estão expandindo-se na infância.
  4. Confinamento e distração permanentes. As crianças passam até oito horas por dia conectados em aparelhos eletrônicos. Esse confinamento impede que elas tenham um momento de vazio ou de tédio, fundamentais na infância, por serem o berço da criatividade e da imaginação.
  5. Mercantilização da infância e consumismo infantil. Assistindo a muitos programas na televisão durante o dia, as crianças são massacradas pela propaganda e por valores de consumismo. A propaganda explora a incapacidade das crianças em distinguir a fantasia da realidade, explora o amor delas por personagens e instiga valores como o consumismo obsessivo, a valorização da aparência e outras futilidades.
  6. Exclusão da infância e erotização precoce. Procura-se omitir a infância, fase essencial à evolução saudável do ser humano. Por outro lado, existe uma erotização que usa a criança para vender produtos de moda, erotização essa baseada no machismo e na valorização excessiva da aparência.
  7. Entronização e superproteção da infância. Para compensar sua ausência, muitos pais acabam perdendo a autoridade sobre os filhos, condição necessária à sua educação. Além disso, estamos privando as crianças de uma experiência integral de vida, que inclui também frustações, dores e outras dificuldades. Desse modo, as tornamos inaptas a lidar com os sentimentos. Daniel Becker propõe uma solução que muda em apenas dois fatores: tempo e espaço. No caso do tempo, ele propõe que os pais fiquem com as crianças por 10% do tempo em que estão acordados. Em relação ao espaço, a orientação é levar as crianças para perto da natureza. O convívio com a natureza afastará as crianças da telas, reduzirá o consumismo e o materialismo excessivos, promoverá o livre brincar (que vai gerar inteligência, humor e criatividade), fomentará o convivio entre as familias e promoverá o contacto com o sol, o ar e o verde, reduzindo os problemas da infância.

RAMOS, BRUNA. Os sete pecados capitais cometidos contra a infância. Revista RADIS, n.155 (agosto de 2015), p.35.

...