Primeira vez aqui? Seja bem vindo e cheque o FAQ!
x

Qual a diferença entre as interpretações clássica, frequentista e subjetiva do termo "probabilidade"?

0 votos
4,361 visitas

1 Resposta

+1 voto
respondida Out 2, 2015 por danielcajueiro (5,711 pontos)  

Estatística clássica pensa na idéia que probabilidade de um evento é calculada considerando noções de simetria. Por exemplo, considere um dado usual com seis faces. Como não há nada especial que possa ser utilizado para supor que uma face é diferente da outra, então a probabilidade de ocorrer uma das faces é 1/6.

Estatística frequentista define probabilidade de um evento como a proporção do número de vezes que o evento ocorre no mundo real - a probabilidade de um evento é uma propriedade do mundo real. Por exemplo, considerando novamente o exemplo do dado, a estatística frequentista para calcular a probabilidade de sair uma determinada face iria lançar o dado muitas e muitas vezes para concluir que (se o dado não for enviesado) aproximadamente a probabilidade de ocorrer uma face é 1/6.

Probabilidade subjetiva está relacionada com a crença que um determinado indivíduo tem sobre a probabilidade de um evento. Nesse caso, a probabilidade de um evento NÃO é uma propriedade do mundo real. No caso do dado por exemplo provavelmente a estimativa da probabilidade de qualquer indivíduo concordará com as estimativas anteriores de 1/6, a menos que o indivíduo perceba algo diferente no lançador do dado ou no próprio dado. Normalmente, a interpretação dada por probabilidade subjetiva é mais útil em situações onde existem diferentes pontos de vista sobre a ocorrência ou não de um determinado evento.

...