Primeira vez aqui? Seja bem vindo e cheque o FAQ!
x

O que você gostaria de ter aprendido no seu curso de estatística e não aprendeu?

+2 votos
90 visitas
perguntada Dez 13, 2015 em Estatística por danielcajueiro (5,666 pontos)  

É fundamental você explicitar como foi o seu curso para os outros poderem acompanhar a sua linha de raciocínio.

Compartilhe

1 Resposta

+3 votos
respondida Jan 20, 2016 por regisaely (46 pontos)  

Meu curso de estatística da graduação (em economia) não abordou adequadamente os tópicos essenciais de teoria da probabilidade. Vejo que a maior parte dos cursos de estatística básica de graduação no Brasil acabam sendo voltados apenas para estatística descritiva, não desenvolvendo o fundamento essencial que é a teoria de probabilidade.

Já nos cursos de Pós-Graduação em Economia, vejo que as ementas estão muito atrasadas em relação ao que se está desenvolvendo na área de statistical learning por exemplo. O foco essencial nos cursos é inferência, sendo por isso os conteúdos restritos a modelos de regressão lineares. Pouco se fala de previsão, a não ser nas cadeiras de séries temporais, onde também vemos na maior parte modelos lineares.

Do meu ponto de vista, de nada adianta identificar efeitos causais se não conseguirmos utilizá-los adequadamente para prever resultados futuros. O resultado disso é que economistas não sabem mais fazer previsão e estão sendo ultrapassados pelo pessoal das áreas mais intensivas em computação. Para piorar, o mercado de trabalho demanda muito mais profissionais capazes de realizar previsões do que de identificar efeitos causais.

Agora o problema maior é como contornar essas deficiências. No caso da graduação, acho que o maior problema é que os professores que ministram aula de estatística para outros cursos normalmente são substitutos ou mesmo doutorandos. Muitos departamentos de matemática já conseguiram dar uma solução adequada a esse problema melhorando o nível dos professores nessas cadeiras e instituindo bancas para as provas. Já para as pós graduações em economia o problema é mais difícil, pois para incluir conteúdos novos é preciso tirar outros. Também não é fácil para os professores fazer um curso com uma ementa diferente do tradicional. Uma solução talvez seria aumentar a integração dos cursos de economia com os cursos de estatística e computação, por meio de cadeiras eletivas por exemplo.

comentou Jan 21, 2016 por danielcajueiro (5,666 pontos)  
Eu concordo com os pontos. Na verdade, só tive um curso de estatística na vida e foi durante a graduação em engenharia e ele foi muito básico. Não dá nem para discuti-lo nesse contexto. De fato, há algum tempo atrás um professor me perguntou sobre um plano de ensino de um curso de estatística e escrevi isso aqui: http://prorum.com/index.php/1599/estatistica-mestrado-doutorado-financas-estudaram-construcao?show=1600#a1600
...