Primeira vez aqui? Seja bem vindo e cheque o FAQ!
x

Qual a diferenças entre essas correntes econômicas xxx-keynesianismo?

0 votos
137 visitas
perguntada Dez 13, 2015 em Economia por danielcajueiro (5,776 pontos)  

xxx= pos, novo, neo, etc..

1) Alguma delas tem relação com Keynes realmente?

2) Alguma delas está mais próxima do "mainstream economics"? Em alguma delas supõe-que "macro" é "micro"?

3) Alguma delas dá fundamentos para a área de Economia conhecida no Brasil como heterodoxia?

4) Alguma delas dá fundamentos para a "nova matriz econômica" implementada no Brasil no período 2006-2014?

5) Quem são os desenvolvimentistas? Existem diferenças entre os desenvolvimentistas?

6) Alguma delas considera o uso de formalismo matemático? Em que contexto?

Compartilhe

1 Resposta

+2 votos
respondida Mai 12, 2016 por Joao Mainardo (91 pontos)  
selecionada Mai 13, 2016 por danielcajueiro
 
Melhor resposta

Eu diria que os novo-keynesianos são uma "evolução" dos neo-keynesianos. Por isso, vou focar nos novos e pós-keynesianos.

1) Todas tem alguma relação com Keynes. A diferença é que um pós-keynesiano é muita mais purista. Novo-keynesianos possuem influências monetaristas e novo-clássicas.

2) Na verdade, o novo-keynesianismo é a escola mais mainstream da atualidade. Pós-keynesiano passa longe, é bem heterodoxo. Novo-keynesianos microfundamentam seus modelos macro sim, mas não a fazem de maneira messiânica como os novo-clássicos.

3) Acho que a grande maioria de heterodoxos no Brasil são pós-keynesianos.

4) Eu diria que é bem justo atribuir a nova matriz aos pós keynesianos. Mas colocaria que a matriz começou em 2008 e ganhou força em 2010 pra frente.

5) Geralmente, desenvolvimentistas se baseiam nas idéias da CEPAL, cujos principais nomes foram Prebisch e Celso Furtado. São autores de forte influência keynesiana, mas tentam adaptar as idéias de Keynes para países subdsenvolvidos. Também consideram bastante Kalecki. Acredito que as diferenças entre eles são apenas pontuais.

6) Usam a matemática sim, mas não todos. Existem algumas brincadeiras (?) onde dizem que os pós-keynesianos não são muito bons nisso. Já os novo keynesianos se utilizam intensivamente da matemática e fazem algum dos maiores avanços na área. Um bom exemplo de contexto é esse artigo clássico do Blanchard (novo-keynesiano).

...