Primeira vez aqui? Seja bem vindo e cheque o FAQ!
x

Qual era a relação pessoal entre Hayek e Keynes? Eram amigos ou inimigos?

+1 voto
80 visitas
perguntada Mar 28 em Economia por Stuart Mill (1,099 pontos)  
Compartilhe

1 Resposta

+1 voto
respondida Mar 31 por Stuart Mill (1,099 pontos)  

Não sou especialista nessa questão, mas pelo que li, os dois foram amigos pessoais (mas não sem vários atritos no caminho). Por exemplo, Hayek lançou duras críticas ao Treatise on Money, de Keynes, a que foi atacado pessoalmente também em retaliação. Esse debate deu origem ao debate Sraffa-Hayek. Anteriormente, no entanto, Keynes havia feito uma avaliação negativa do Treatise on Money and Credit, de Mises, para depois admitir sua falta de conhecimento no alemão (idioma original da obra, que ainda não havia sido traduzido). Nessa ocasião, Hayek não criticou Keynes. Keynes chegou até a falar bem de The Road to Serfdom (embora não concordasse muito). Mais tarde, depois de ser finalmente coroado no mainstream com seu Nobel, nos anos 70, Hayek teceria duras críticas a Keynes*.

*Embora, antes da morte deste, Hayek julgasse que, pelo menos em parte, tivesse mudado e mentalidade de Keynes:

A turn in the conversation made me ask him whether or not
he was concerned about what some of his disciples were making of his theories. After a not very complimentary remark
about the persons concerned he proceeded to reassure me:
those ideas had been badly needed at the time he had launched
them. But I need not be alarmed: if they should ever become
dangerous I could rely upon him that he would again quickly
swing round public opinion—indicating by a quick movement
of his hand how rapidly that would be done. But three months
later he was dead. (Hayek 1967, p. 348)

Para uma mini-biografia bastante crítica, feita por um economista radicalmente oposto a Keynes (mais que Hayek), ver: "Keynes, the Man", de Rothbard.

...