Primeira vez aqui? Seja bem vindo e cheque o FAQ!
x

Por que culpar o capitalismo pelos problemas sociais é uma análise superficial?

+2 votos
51 visitas
perguntada Jan 19 em Sociologia por Raíssa (876 pontos)  

É comum culpar o capitalismo por variados problemas, e nisso mas mais diversas discussões. Acredito que isso impeça um entendimento mais completo da sociedade.

Compartilhe

1 Resposta

+2 votos
respondida Jan 19 por Raíssa (876 pontos)  

O problema inicial em culpar o capitalismo seria na própria definição dele, a qual é colocada como auto-evidente, mas que se pode configurar de diversas maneiras. Note por exemplo as diferenças entre os países “capitalistas”.
Culpando o capitalismo deixamos de culpar os verdadeiros vilões. Ora, se um cartel aumenta os preços e diminui o bem-estar de todos, poderíamos culpar o capitalismo e deixarmos de culpar os empresários que fazem o cartel.

comentou Jan 21 por Stuart Mill (1,484 pontos)  
O grande problema para mim é que geralmente os conceitos são muito mal definidos. Se fossem bem definidos, talvez pudesse acontecer uma discussão mais produtiva. Até mesmo no Capital, 'capitalismo' aparece pouquíssimas vezes, e em nenhum momento é dada uma definição clara do que seja e a partir daí o argumento seguir. Pros marxistas geralmente capitalismo é entendido com os sistemas de produção em que os burgueses exploram os proletários utilizando inclusive o Estado como meio. Ou seja, economias planejadas em que algumas mega empresas têm permissão para existir seria capitalismo. Por isso geralmente as economias fascistas são vistas como a evolução do capitalismo pros marxistas. Nessa linha o que define não-capitalismo ou socialismo fica mais difícil ainda de encontrar... Por isso é curioso notar que o Marx por exemplo em o Capital talvez fique menos de 5% do tempo definindo o que seria o socialismo.

Os termos podem ter tantos significados diferentes que qualquer discussão sem uma concordância prévia sobre o significado dos termos é vazia, e qualquer afirmação ou juízo de valor sobre uma coisa quase totalmente indefinida também é uma afirmação sem valor.
comentou Jan 21 por Raíssa (876 pontos)  
Concordo. Como você mesmo disse no seu ensaio sobre a Liberdade : “ É dever dos governos, e dos indivíduos, formar as opiniões mais verdadeiras que possam; formá-las cuidadosamente, e nunca impô-las aos outros a menos que se tenha absoluta certeza de que são corretas.”
Excerpt From: Stuart Mill. “Sobre a liberdade e A sujeição das mulheres.” Apple Books.
...