Primeira vez aqui? Seja bem vindo e cheque o FAQ!
x

Ajuda no aprendizado de um conceito matemático entender o contexto histórico em que ele foi criado?

0 votos
44 visitas
perguntada Abr 18, 2015 em Matemática por danielcajueiro (5,356 pontos)  
editado Abr 19, 2015 por danielcajueiro
Compartilhe

1 Resposta

0 votos
respondida Abr 19, 2015 por danielcajueiro (5,356 pontos)  

Eu tenho lecionado há vários anos o curso de Economia Quantitativa I na Universidade de Brasília para estudantes de economia. É um curso que mistura tópicos de álgebra linear, um pouco de topologia do \(\Re^n\) e também otimização no \(\Re^n\).

Minha experiência para motivar estudantes em tópicos mais abstratos de álgebra linear sugere que a resposta é "sim". Por exemplo, é muito difícil para um estudante imaginar porque o conceito do determinante surgiu. Entretanto, se você explicar que ele surgiu de algo importante como a solução de sistemas lineares de ordem 2, minha impressão é que fica mais fácil. Infelizmente, ainda muitos estudantes pensam que vários tópicos de matemática foram criados do nada e sem nenhuma motivação específica. De fato, vários conceitos surgiram de exemplos importantes que apareceram quando alguém estudava matemática ou tentava resolver algum problema de matemática.

Nos cursos de física que tive quando era estudante de engenharia, o professor muitas vezes explorava o experimento em que o conceito foi desenvolvido. Aqui, marcelo_papini sugere que matemática é uma parte da física (eu pessoalmente não me sinto tão confortável com essa idéia, mas existem justificativas para ela) onde os conceitos são menos custosos. Nesse contexto, o exemplo em matemático seria equivalente a o experimento na física e usar o exemplo matemático para justificar historicamente o surgimento de um conceito matemático seria equivalente a usar o experimento para justificar o surgimento de um conceito físico.

comentou Abr 19, 2015 por danielcajueiro (5,356 pontos)  
Eu ainda gostaria de mencionar que pode haver pontos negativos na exposição dos fatos históricos como, por exemplo, gastar tempo do conteúdo principal, distrair os estudantes com algo que não é necessariamente relevante etc.
...