Primeira vez aqui? Seja bem vindo e cheque o FAQ!
x

Qual a teoria econômica presente no filme "Em Busca da Felicidade (The Pursuit of Happyness)"?

+2 votos
305 visitas

2 Respostas

+2 votos
respondida Dez 1, 2015 por Paulo R. A. Loureiro (21 pontos)  
selecionada Dez 1, 2015 por danielcajueiro
 
Melhor resposta

O filme foi baseado em fatos reais.

Entre vários pontos muito interessantes, vale destacar três:

Primeiro aspecto:

A imagem será apresentada aqui.

A teoria econômica presente é a do Capital Humano se aplica perfeitamente no contexto do filme. Chris Gardner (Will Smith) é um vendedor brilhante e talentoso, mas marginalmente empregado. Ele investe as economias da família na compra de scanners portáteis de densidade óssea para revendê-los. São equipamentos (tecnologicamente superiores), mais caros que os equipamentos de raio-x utilizados pelos médicos e que cumprem quase a mesma função. Por esta razão os médicos não investem nestas máquinas (evitando deseconomias de escala).
Chris (Will Smith), não tendo sido bem sucedido neste tipo de investimento de risco, faz outra escolha. Investe em um estágio não remunerado nem nenhuma garantia de emprego em um programa de corretor de ações altamente competitivo. Depois de 6 meses de treinamento e disputando uma vaga com vinte candidatos, ele consegue o emprego na corretora. Chris percebe que ao investir em si mesmo pode ampliar seu horizonte de atuação e suprir sua necessidade financeira imediata. Isto é um fator explicativo da diferenciação salarial entre trabalhadores dotados de produtividades distintas. No final do final, dado a sua experiência e habilidade, ele monta a sua corretora.

Segundo aspecto:

A imagem será apresentada aqui.

Fatores Econômicos de uma Relação Conjugal. Observa-se o avanço na tendência de trazer ao âmbito da teoria econômica, questões que estão além daquelas caracterizadas como fenômenos nitidamente de mercado, onde o aspecto econômico pode ser visto a partir do prisma monetário, que permite definir como uma relação de troca [Loureiro et al., (2009)]. O investimento feito por Chris em equipamentos quebra financeiramente a família, impactuando negativamente no seu casamento. Linda (Thandie Newton), sua companheira, separa dele e se muda para Nova York. As pesquisas tem sugerido que os homens são mais propensos ao risco do que as mulheres. As mulheres tem ainda menos preferência por situações competitivas do que os homens. Verifica-se que, quanto aos aspectos econômicos, as mulheres sofrem maior influência desses fatores. Isto se dá tanto na hora de romper uma relação como para entrar nela, em ambos os casos portanto, os fatores dessa ordem são importantes. A perda de emprego por parte do homem, não se configura para o mesmo como um fator importante para rompimento da união troca [(Loureiro et al., (2009)].

Terceiro aspecto:

A imagem será apresentada aqui.

Educação Familiar. No filme, Chris (Will Smith), separado e desempregado, assume a custódia de seu filho. Um ponto a ser pesquisado: a educação da criança. A educação dos filhos é o fator essencial da formação de uma criança em desenvolvimento. Pai educa melhor o filho do que a mãe? O melhor desempenho escolar da criança é derivado da educação paterna ou materna? E quanto ao comportamento antissocial de filhos? Evidências apontam que 80% das visitas aos presídios são feitas pelas mães.
São questões que carecem de estudos mais acurados.

Referência

Loureiro, Mendonça, Sachsida e Moreira - Do Economic Factors Determine the End of a Conjugal Relationship? Revista Economia e Desenvolvimento vol. 7 Nº 2 p. 38-60, 2009.

+1 voto
respondida Nov 25, 2015 por professor (306 pontos)  

O filme "Em busca da felicidade" sugere que o protagonista encontrará o estado de felicidade quando conseguir o emprego desejado e ascender socialmente. De fato, grande parte do filme mostra que o principal obstáculo para ele encontrar a felicidade é o nível baixo de renda que não permite que ele consiga suprir suas principais necessidades. Em particular, (se me lembro bem do filme) ele inclusive se separa da esposa nesse processo de conseguir o emprego desejado.

Em termos de teoria econômica essa não é questão trivial. Enquanto parte da teoria defende que qualidade do emprego tem um efeito positivo na felicidade, a outra parte sustenta que quanto maior a falta de satisfação com o emprego atual, mais satisfação o ser humano buscará em outras dimensões como, por exemplo, relações pessoais.

...