Primeira vez aqui? Seja bem vindo e cheque o FAQ!
x

Como funciona a avaliação da CAPES?

0 votos
23 visitas
perguntada Mar 22, 2015 em Gestão Acadêmica por danielcajueiro (5,081 pontos)  
editado Mar 22, 2015 por danielcajueiro
Compartilhe

1 Resposta

0 votos
respondida Mar 22, 2015 por danielcajueiro (5,081 pontos)  

De acordo com a CAPES: "O processo de avaliação pode ser descrito da seguinte maneira: primeiro o Coleta Capes, que é uma atribuição dos programas de pós-graduação, das prós-reitorias ou órgãos equivalentes nas reitorias universitárias, depois a ficha de avaliação. Temos ainda o Qualis periódicos e o Roteiro para classificação de livros, para o triênio 2007-2009. Também faz parte desse processo a avaliação continuada, que na verdade é uma avaliação anual e serve como uma espécie de acompanhamento do programa. A ficha de avaliação conta com cinco quesitos, com ponderações diferenciadas para avaliar o programa. São eles: a proposta do programa entra com peso 0, o corpo docente (20 ou 15%) e a inserção social (10 ou 15%) devem compor 30% da nota atribuída ao programa, enquanto que o corpo discente, teses e dissertações (30 ou 35%) e produção intelectual (40 ou 35%) valem 70% da nota." Ver Avaliação da CAPES.

A decisão sobre as notas ocorre por uma comissão formada pelos próprios pares (professores usualmente) que analisa os vários indicadores institucionais que compõem a ficha de avaliação e atribui notas entre 3 e 5 para programas de mestrado e notas entre 3 e 7 para programas de doutorado. Um dos principais aspectos considerados na avaliação da CAPES é a produção científica do programa e ela utiliza o chamado Qualis Periódicos apresentado acima, que é um ranking de revistas construído pela própria CAPES, para fazer essa avaliação.

...